sábado, 13 de setembro de 2008

SEGURE MINHA MÃO

A sobrecarregada enfermeira viu o jovem entrar no quarto e, inclinando-se, disse alto ao idoso paciente:

- Seu filho está aqui.

Com grande esforço, o velho homem abriu os olhos e, a seguir, fechou-os outra vez.

O jovem apertou a envelhecida mão e sentou-se ao lado da cama.

Por toda a noite, o jovem ficou sentado ali, segurando a mão e sussurrando palavras de conforto.

O paciente não suportou e amanheceu morto.

Em instantes, a equipe de funcionários do hospital encheu o quarto para desligar as máquinas e remover as agulhas.

A enfermeira aproximou-se do jovem e começou a oferecer-lhe as condolências, mas foi interrompida.

- Quem era esse homem? Perguntou o jovem.

Assustada, a enfermeira respondeu:

- Eu achei que fosse seu pai!

- Não. Não era meu pai. Eu nunca o vi este homem antes em minha vida.

- Então, porque você não falou nada quando lhe anunciei para ele.

- Eu percebi que ele precisava do filho e o filho não estava aqui. E como ele estava por demais doente para reconhecer que eu não era seu filho, percebi que naquela hora ele precisava de mim.

Ninguém precisa morrer sozinho.

Do mesmo modo, ninguém precisa sofrer sozinho ou chorar sozinho; rir sozinho ou celebrar sozinho.

Nós fomos feitos para viajar de mãos dadas através da jornada da vida.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

AMOR SEM FIM

Estou romantizado.
Quem vive um grande amor, vive um conto de fadas.
Endlless Love
Amor Sem Fim

Meu amor, só existe você em minha vida
A única coisa que é certa
Meu primeiro amor, você é "tudo o que respiro"
Você é todo passo que dou
E eu, eu quero dividir todo o meu amor com você
Ninguém mais o fará
E seus olhos (seus olhos)
Eles me dizem o quanto você se importa
Sim, você será sempre meu amor sem fim!
Dois corações, dois corações que batem como um só
Nossas vidas apenas começaram
Para sempre, eu a manterei perto de meus braços
Eu não posso resistir ao seu charme
Meu amor, eu serei um louco por você, tenho certeza
Você verá que não me importo
(Oh você verá que não me importo)



Porque você, você será a única para mim
Eu sei, eu sei que encontrei em você meu amor sem fim!
E amor, eu serei um louco por você, tenho certeza
Você verá que eu não me importo
Sim, você será a única
Porque ninguém pode recusar
Esse amor que tenho aqui dentro
E eu o darei todo a você
Meu amor, meu amor, meu amor sem fim!

FILOSOFANDO 0052

A primeira e pior de todas as fraudes


é enganar-se a si mesmo.


Depois disto,


todo o pecado é fácil.

(J. Bailey)

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

PENSAR


A lagartinha está mais perto de ser borboleta e não pensa nisso.
Existir sem ter que pensar.
Amar sem perguntar.
Ser, sem ter que explicar.
Assim estarei hoje.
As vezes é preciso ser apenas o que se é.
De preferência feliz.
Cansado, mas feliz

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

TEM GENTE...QUE AO LADO DELAS

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta.

De sol quando acorda.

De flor quando ri.

Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça.

Lambuzando o queixo de sorvete.

Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem para escolher.

O tempo é outro.

E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro de colo de DEUS.

De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul.

Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.

Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo.

Sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga para isso.

Ao lado delas, pode ser abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a
gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro das estrelas que DEUS acendeu no céu e daquelas
que conseguimos acender na Terra.

Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza.

Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria.

Recebendo um buquê de carinhos.

Abraçando um filhote de urso panda.

Tocando com os olhos, os olhos da paz.

Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave
que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.

Do brinquedo que a gente não largava.

Do acalanto que o silêncio canta.

De passeio no jardim.

Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos DEUS está
conosco, juntinho ao nosso lado.

E a gente ri grande, que nem menino arteiro.

E você é uma delas.

Obrigado por você existir.

FILOSOFANDO 101


Enquanto não atravessarmos
a dor de nossa própria solidão,
continuaremos
a nos buscar em outras metades.
Para viver a dois, antes, é
necessário ser um.
Fernando Pessoa

terça-feira, 9 de setembro de 2008

SEGURE MINHA MÃO


A sobrecarregada enfermeira viu o jovem entrar no quarto e, inclinando-se, disse alto ao idoso paciente:

- Seu filho está aqui.

Com grande esforço, o velho homem abriu os olhos e, a seguir, fechou-os outra vez.

O jovem apertou a envelhecida mão e sentou-se ao lado da cama.

Por toda a noite, o jovem ficou sentado ali, segurando a mão e sussurrando palavras de conforto.

O paciente não suportou e amanheceu morto.

Em instantes, a equipe de funcionários do hospital encheu o quarto para desligar as máquinas e remover as agulhas.

A enfermeira aproximou-se do jovem e começou a oferecer-lhe as condolências, mas foi interrompida.

- Quem era esse homem? Perguntou o jovem.

Assustada, a enfermeira respondeu:

- Eu achei que fosse seu pai!

- Não. Não era meu pai. Eu nunca o vi este homem antes em minha vida.

- Então, porque você não falou nada quando lhe anunciei para ele.

- Eu percebi que ele precisava do filho e o filho não estava aqui. E como ele estava por demais doente para reconhecer que eu não era seu filho, percebi que naquela hora ele precisava de mim.

Ninguém precisa morrer sozinho.

Do mesmo modo, ninguém precisa sofrer sozinho ou chorar sozinho; rir sozinho ou celebrar sozinho.

Nós fomos feitos para viajar de mãos dadas através da jornada da vida.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

COMPROMISSO - QUAL O SEU?

A gente tem um compromisso com a verdade

Não dá mais pra ficar brincando de viver

Tô muito a fim da minha verdadeira identidade

Bateu em mim uma vontade de me conhecer

Eu sei que a gente tem um compromisso com a vida

Passa o tempo e a gente não desvenda o seu mistério

Parece muita ousadia, muita pretensão

Mas é meu coração que pede, eu tô levando a sério

Quero saber de onde eu venho

Quero saber pra onde eu vou

Não posso passar pela vida sem saber quem sou

Quero sentir dentro de mim

Todo universo em ação


video

domingo, 7 de setembro de 2008

SOLITAIRE

Houve um homem, um homem solitário

Que perdeu o seu amor

Apesar de sua indiferença

Um coração que se importava

E que seguiu sozinho

Até morrer, dentro de seu silêncio

E o jogo de paciência é a única diversão na cidade

E todo caminho que ele pega o leva à tristeza

E para ele mesmo é fácil fingir

Ele nunca amará novamente

E guardado para sí mesmo ele joga o jogo

Que sem o amor dela, sempre termina do mesmo modo

E enquanto a vida ao seu redor segue adiante

Ele brinca com o jogo de paciência

uma pequena esperança

Desaparece suavemente

Exatamente como vai

Vai sem dizer nada

Houve um homem, que iria conduzir

Sua forma de jogar

SAUDADE

" A saudade
é a luz viva
que ilumina
a estrada
do passado."
(Fernando Pessoa)

ALMA DE EDUCADOR

VISITE MEU BLOG "ALMA DE EDUCADOR"