quarta-feira, 10 de outubro de 2007

PAI E FILHA

Apesar de em quatorze anos ter realizado apenas 4 curtas-metragens, Michael Dudok de Wit, Holandês nascido em 1952, pode ser considerado um dos grandes gênios da animação.
São traços despojados sob a música barroca de Corelli que conduz toda a narrativa de histórias simples porém tocantes. Os curtas se resumem a Tom Sweep (1992), O Monge e o Peixe (1994), Pai e Filha (2000) e The Aroma of Tea (2006).
Aqui você assiste ao curta Pai e Filha.

Um comentário:

betharr disse...

Quanta sensibilidade! Obrigada. Ele se fez presente de algum lugar onde esteja neste momento, meu pai!
Gostei tb das dicas sobre slidcast. "The Sun" foi validado pelo Slideshare. Está em spotlight.Valeu!

ALMA DE EDUCADOR

VISITE MEU BLOG "ALMA DE EDUCADOR"