terça-feira, 9 de outubro de 2007

FAZER O BEM, SEM OLHAR A QUEM !

Uma senhora conta.
Meu marido trabalha no Parque Beto Carrero World, no estacionamento.
Há um ano atrás, uma senhora aproximou-se dele e disse:
- Moço, vim ao parque trazer meu filho, hoje é aniversário dele, mas...meu dinheiro não é suficiente para pagar minha entrada, o senhor compraria minha aliança, para que eu pudesse entrar?
Meu marido nunca leva dinheiro, mas aquele dia ele tinha 20 reais no bolso e entregou para a senhora, e disse:
- Não quero sua aliança!Ela agradeceu muito e foi ao parque.
Meu marido ficou contente de ter ajudado, ele se colocou no lugar dela, é muito triste desapontar uma criança, ainda mais num dia tão especial!
Esta semana ele estava no pátio, quando alguém se aproximou e disse:
- Bom dia, lembra-se de mim?
Era a senhora que retornara no dia do aniversário do filho e trouxe um presente para o Almir.
O menino que deve ter uns 6 anos falou:
- Abre tio é seu!Meu marido ficou comovido.
Puxa, passado um ano, e eles se lembraram dele, talvez ele nem trabalhasse mais no Parque, mas eles lembraram.
Ele diz que o maior presente que ele recebeu foi o sorriso daquela criança, naquele DIA tão ESPECIAL!

Um comentário:

betharr disse...

Obrigada pelo bem que fez a mim. Segui tua sugestão e deu certo. Refiro-me ao som inserido na apresentação no site slideshare.

ALMA DE EDUCADOR

VISITE MEU BLOG "ALMA DE EDUCADOR"